Sobre porte de armas

Ir em baixo

Sobre porte de armas

Mensagem  Diego.mileli em Qui Ago 12, 2010 7:48 pm

Boa noite

Não sou a favor de arma. Pra mim defesa naõ se faz com ataque, ao contrário de estrategistas de guerra, até porque não creio estarmos numa guerra e não encaro a sociedade como um combate de vida ou morte. Que há insegurança na fiscalização, isso é bem sabido, mas não creio que pôr uma .50 entrincheirada na balança vai resolver o problema ou dar uma AR15 para cada fiscal. O Convênio com a PRF prevê a garantia da segurança na fiscalização, se não me engano... Se alguém conseguisse os termos desse convênio ficaria mais fácil, pois se estiver de fato escrito que eles tem de garantir a segurança, é sinal de que ela não está garantida sem a presença deles e não se pode trabalhar em condições de insegurança.

Conheço um pouco das condições das balanças, essas é que são mais complicadas, algumas por já ter visitado, outras por relatos de colegas. De todo modo, não creio que isso seja a melhor saída. Pode até resolver em alguns casos, nos que estão desarmados, talvez, mas quando se estiver armado, aí vira um campo de batalha. Aliás, o fim não justifica os meios.

A questão é bem complexa. A insegurança nas atividades de fiscalização é flagrante, bem como a necessidade de a Agência tomar medidas para resolver a situação, mas o uso de armas eu sou contrário.

Ah, por falar nisso, vocês viram o policia no DF que foi agredido ao abordar um veículo de passeio? O PM estava armado, os que estavam no carro não. Mesmo assim o PM foi agredido, afinal, não pode atirar em gente desarmada... e outros critérios mais para sacar uma arma de fogo.

Na noite de terça-feira, um PRF foi assassinado em Porto Alegre. PRF anda armado.

Conheço alguns auditores da Receita. Os que conheço, nenhum usa arma.

Alguém sabe me dizer algum caso em que uma arma evitou a ocorrência de violência?

Todo cidadão tem direito a segurança, mas armas não garantem segurança.

Violência gera violência. Gentileza gera gentileza.

Violência? Não obrigado. Prefiro a Desobediência Civil.

Armas só fazem bem à indústria de armas e aos suicidas.

Diego.mileli

Mensagens : 5
Data de inscrição : 12/08/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Porte de arma

Mensagem  Carlos Oliveira em Sex Ago 13, 2010 9:39 am

Sou totalmente a favor! Diego, não é bem assim como você pensa, acontece que, quem exerce a função de fiscal sabe das dificuldades do dia-a-dia, da insegurança, do não apoio dos PRFs, maioria das vezes, das ameaças, do retorno ao hotel dos trabalhos realizados em BRs... Estamos combatendo clandestinos que não estão nem aí pra ANTT, sei que o nome "Porte de Arma" é uma coisa muito séria, mas não seria pra todos.

Para os que não sabem, de acordo com o Estatuto do Desarmamento, tem uma série de requisitos para conseguir o Porte de Arma, entre elas estão participação em stand de tiros, ou seja, você vai participar de um treinamento de tiros com instrutores cadastrados na PF, terá aulas de armas, manuseio, como se comportar diante de uma situação, etc; vai ter que ser aprovado em teste psicotécnico também cadastrado na PF; antecedentes criminais; comprovação de riscos e outros.

Então, não será pra qualquer um. Estive na sede da PF, Recife/PE, ano passado e explique a situação dos nossos trabalhos e alguns agentes me falaram que existe uma Portaria da PF que quem exerce atividade de fiscalização também poderá conseguir o Porte de Arma.

Acontece que as despesas para adquirir o Porte são caras, em torno de R$ 5.000,00, incluindo a arma, psicotécnico, estand de tiros, gru da PF.

É isso ái pessoal.

Carlos Oliveira

Mensagens : 1
Data de inscrição : 12/08/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Porte de Arma

Mensagem  Admin em Sex Ago 13, 2010 11:08 am

Ótimo discurso e concordo com parte do que você disse. Primeiramente gostaria de começar informando que ninguém quer porte de armas, o que queremos é segurança e o porte seria uma das alternativas que não deve ser descartada. Os colegas que defendem o porte de arma não querem que a ANTT obrigue que o fiscal a utilizar arma mas os que acharem necessária sua utilização possam, fazendo todos os testes estabelecidos em lei, ter o direito a utilizá-la, nem que seja apenas um porte pessoal.

Não sei em que área da fiscalização você trabalha, mas nós que trabalhamos com fiscalização de passageiros estamos colocando nossas vidas em risco todos os dias. Ser ameaçado de morte pelos prepostos de empresas que realizam transporte pirata já virou rotina em nossas vidas, ter que trocar de celular porque o cara descobre seu telefone ou ligar dizendo o nome de nossos familiares, esposas e filhos, falar meu endereço e dizer que vai matar todo mundo é rotina.
A verdade é que estamos expostos, nos terminais não temos segurança, pois nunca existe um policial por perto quando se precisa; nos comandos operacionais a PRF nunca nos dá o apoio devido e não adianta dizer que pelo convênio ou pela lei eles são obrigados porque se o policial que está no posto não se dispuser, (o que é rotina), estamos sós. Pior ainda é quando vamos para casa e mesmo não estando em efetivo trabalho de fiscalização somos ameaçados ou temos que andar nos escondendo.

A PRF não tem efetivo nem para realizar as tarefas do posto quanto mais dar segurança ao fiscal da ANTT que, de uma maneira ou de outra, vai atrapalhar seu trabalho pois vai encher seu posto de ônibus transbordados e de passageiros revoltados por sua viagem ter sido interrompida.
Na reunião que tivemos com o Diretor Geral, expusemos o problema de segurança, fomos informados por ele que tem ciência do problema e que iria conversar com o ministro da justiça para exigir segurança ao fiscal ou ele iria parar a fiscalização.
Nosso colegas, há duas semanas, voltaram de uma execução de OS fugidos de Redenção no Pará pois pistoleiros estava seguindo a viatura para matar os fiscais. Viajaram 300 km por estrada de terra sendo seguidos por um carro preto com os mesmos pistoleiros que foram até o hotel onde os colegas estavam hospedados para ameaçá-los pessoalmente.

A arma não garante a segurança, mas, como o alarme no carro, inibe uma ação mais contundente e faz com que nossos agressores pensem 02 vezes ante de tomar uma atitude mais agressiva.

A não ser que a ANTT coloque um policial colado com o fiscal 24 horas por dia será impossível nos prover a segurança adequada.

Admin
Admin

Mensagens : 7
Data de inscrição : 06/08/2010

Ver perfil do usuário http://fiscaisantt.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre porte de armas

Mensagem  Alexandre Rizzi em Qua Ago 18, 2010 10:07 am

Também não sou a favor de porte de arma. Porém, uma vez que há possibilidade, caso venha a me sentir ameaçado, sei que em último caso posso fazer uso desse instrumento.
Agora deixa eu fazer uma pergunta. Alguém, quando foi trabalhar, saindo de casa, chegando ao local de trabalho, já sentiu medo, ficou receoso de acontecer alguma coisa contigo?
Pois eu digo que passei sim, e muito, quando eu saía de casa, chegava ao posto no meio do nada, atravessava a pista para entrar na balança! Esse receio só passou quando o marginal que me ameaçou me pegar na pista foi preso! Não por me ameaçar, mas por ter se envolvido em assalto à mão armada em mercado próximo à balança. Fora isso, o mesmo já tinha sido condenado por esfaquear uma pessoa numa festa! É gente boa o cara!
Quem vai garantir minha integridade física no trabalho?

Alexandre Rizzi

Mensagens : 2
Data de inscrição : 14/08/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre porte de armas

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum